Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses é um local paradisíaco.

Esta região turística pode ser acessada pelo município de Barreirinhas, Humberto de Campos, Primeira Cruz e Santo Amaro. O acesso mais frequente é por Barreirinhas.

Você jamais vai esquecer os belos cenários formados pelas dunas de areia de até 40 metros e lagoas de água cristalina, que tem tons variados entre verde e azul. Se prepare para ser acolhido pelo belo e forte sol do nordeste.
Não deixe de conhecer as Lagoas Bonita, Azul e do Peixe, que são as mais famosas, principalmente por terem condições para banho. Muito frequentada por turistas durante todo o ano você terá a chance de nadar a vontade nestas lagoas de águas belíssimas.

O clima na região é sub-úmido quente, com temperatura média anual de 26°, com chuvas de Janeiro a julho. Esta temporada de chuva é o que mais favorece para o crescimento e surgimento de novas lagoas, formando os belos oásis em meio às dunas.
Este deserto de areias fofas e brancas com lagoas de água doce é o local ideal para os turistas de todas as idades.
Festiva e folclórica. Nem de perto essas palavras resumiriam a forte cultura são-luisense, mas são bons indicativos para promover esse povo, que abriga as heranças culturais dos europeus, negros e índios e é só alegria e festas no mês de junho, quando as festas juninas entram em cena na cidade inteira.

Embora azulejos portugueses adornem os antigos casarões da cidade e carimbem seus cartões postais, o nascimento de São Luís veio de uma caravela francesa, em 1612. Porém, os colonizadores do então rei-criança da França, Luís XIII, só tiveram tempo de construir um forte a beira-mar batizando-o com o nome de sua jovem majestade, pois os portugueses invadiram a colônia francesa e os expulsaram em pouco menos de três anos.

Os holandeses ainda se apossaram do território entre os anos de 1641 e 1644, mas Portugal logo reconquistou sua colônia e fundou o estado do Maranhão para evitar futuros problemas.
São Luís se acomodou, neste período, na exportação de cana, tabaco e cacau. Essa atividade se manteve até o fim do século XIX, quando a agricultura na região entrou em declínio, mas foi tempo suficiente para enriquecer e modernizar a cidade. Não é à toa que São Luís, no seu apogeu econômico e contato com cidades européias, recebeu a alcunha de “Atenas Brasileira”, também pela afinidade literária que até hoje é característica no local.

Se a chuva impede a viagem de alguém, o melhor é visitar São Luís entre os meses de julho e dezembro. Mas dá para arriscar também o mês de junho, quando ocorrem as maiores festividades na região.

SOMOS ESPECIALISTAS EM VIAGENS PARA OS LENCÓIS MARANHENSES – FAÇA SEU ORÇAMENTO

GALERIA DE IMAGENS

compartilhe!
FAÇA UM ORÇAMENTO PERSONALIZADO!

Nome

E-mail

Telefone

Escolha o melhor horário para contato

Selecione a data de ida

Selecione a data de volta

Número de pessoas

Mensagem